Só quero o que for meu: o caco, o nicho,/lá onde fura a noite a estrela-bicho. ("Culpe o vento".)

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

"Culpe o vento" em Portugal:


"De um poeta mais jovem, que já antes figurou na 'DiVersos', Wladimir Saldanha, inclui-se entre outros o poema 'O Terceiro Mar', para nós notável também pela tessitura entrelaçada de temas da cultura e da história brasileira e portuguesa" (do Editorial da Revista DiVersos -- Poesia e Tradução, n. 23).

 https://sempreempe.wordpress.com/2016/01/12/diversos23/#more-413

Nenhum comentário:

Postar um comentário