Só quero o que for meu: o caco, o nicho,/lá onde fura a noite a estrela-bicho. ("Culpe o vento".)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

PINCELADAS TRANSLÚCIDAS − POR VICTOR GRIZZO

O artista plástico Victor Grizzo desenvolve seu projeto "Eu e Água: Pinceladas Translúcidas", em diálogo com poemas de "Lume Cardume Chama" e outras referências:
Clique aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário