Só quero o que for meu: o caco, o nicho,/lá onde fura a noite a estrela-bicho. ("Culpe o vento".)

quinta-feira, 8 de junho de 2017

A ARQUEOLOGIA DA MEMÓRIA EM "NATAL DE HERODES"

CLIQUE E LEIA O ENSAIO DE EMMANUEL SANTIAGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário